REVELAÇÃO BOMBÁSTICA: CPI constata que COPASA não tem licença para tratamento da água de Divinópolis


A primeira reunião da CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os desmandos da  COPASA na cidade, que ocorreu ontem (09/10) na Câmara de Vereadores de Divinópolis, descobriu que, pasmem, a COPASA não possui licença para o tratamento de água do município, a empresa de saneamento de Minas Gerais, tem apenas a outorga de exploração das águas do Rio Itapecerica – A revelação bombástica foi feita por Guilherme Tadeu Santos, da SUPRAM – Superintendência Regional de Meio-Ambiente e Desenvolvimento Sustentável ,como consta em uma resumida ATA confeccionada pela Consultoria Jurídica do Legislativo. Vários outros pontos negativos foram explicitados pelos técnicos do próprio SUPRAM, quanto do IEF – Instituto Estadual de Florestas e IGAM – Instituto Mineiro de Gestão das Águas – Outra revelação também que causa espanto foi dita pelo funcionário também da SUPRAM, Rafael Teixeira, de que o órgão tem atualmente apenas dois técnicos para atuarem em 61 municípios e isso compromete em muito a fiscalização. O técnico chega a solicitar que o Legislativo encaminhe uma denúncia para o órgão e que ele se empenhara para resolver o problema – Na entrevista para o Divinews, o presidente da Comissão, Sargento Elton, alertou à ARSAE, que não enviou nenhum representante, que da próxima vez, poderá solicitar que seja feita a condução coercitiva do representante da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais.

O Divinews não possui a fala dos depoentes e tão pouco dos vereadores componentes da CPI, por que a procuradora Paula Ingrid, da Consultoria Jurídica, por não conhecer direito o Regimento Interno da Câmara, já que foi contratada recentemente, não liberou a transmissão direta da TV Câmara e tão pouco a copia do vídeo para imprensa. A novata procuradora, perpassou a autoridade do presidente da CPI, Sargento Elton e a autoridade do vereador Cleitinho. ELA NÃO CONHECE OU NÃO SOUBE INTERPRETAR O QUE ESTÁ NO REGIMENTO INTERNO (veja matéria em breve)

LEIA ATA DA CPI

 

 

 

 

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.