Secretário de Saúde após autorizar vereador noticiar fechamento da UPA, volta atrás, e em entrevista desdiz: UPA NÃO FECHA


O tucano Renato Ferreira, na última terça (03), leu uma ata assinada pelo próprio secretário de saúde, em que ele textualmente disse que: “se o município não recebesse o repasse de R$ 10 milhões, do Governo do Estado até hoje, sexta-feira (06), de um total de R$ 40 milhões, não haveria outra alternativa senão o fechamento da UPA” – Nesta última quinta (05), o secretário, Rogério Barbieri convocou uma coletiva com a imprensa e mudou sua fala, afirmando que, a UPA não fecha nesta sexta (06), e possivelmente em nenhum momento, para não deixar a população desassistida, mesmo com uma intervenção do Conselho Regional de Medicina, que tem o poder de fazer uma interdição médica – Barbieri disse que tentará resolver os problemas da UPA, de forma ética, mas em hipótese alguma sem deixar de atender a população, sem que ela fique desassistida – “É imprescindível que o Estado comece a acertar todos os seus débitos com o município, principalmente as treze parcelas que ele deve a UPA – Temos duas folhas de pagamento, a primeira referente ao mês de julho, essa está paga 55%, faltando 45% e a do mês de agosto que ainda não foi paga, que dá mais ou menos R$ 600 / 700 mil de débito com os médicos contratados pela Santa Casa de Formiga, os médicos da UPA, mas que pertencem a Prefeito de Divinópolis, os salários estão em dia” explicou.

O secretário também informou, que mais uma vez a Santa Casa de Misericórdia de Formiga, que é a gestora da UPA, se manifestou querendo rescindir o contrato com o município, e que todas as cláusulas serão analisadas para uma possível tomada de decisão.

ERRATA: anteriormente o Divinews errou o nome do secretário “ROGÉRIO BARBIERI”

Um comentário em “Secretário de Saúde após autorizar vereador noticiar fechamento da UPA, volta atrás, e em entrevista desdiz: UPA NÃO FECHA

  • 6 de outubro de 2017 em 14:46
    Permalink

    Mais uma vez vem à tona a questão da UPA PADRE ROBERTO.inaugurada na gestão do ex-prefeito WLADIMIR AZEVEDO desde o início foi questionado sua localização e suspeitas de superfaturamento nas obras considerando que ela tem metade dos leitos disponíveis comparado com o antigo prontosocorro municipal localizado na Rua Rio de Janeiro com Getúlio Vargas.estranhamos quando sua administração foi entregue a Santa Casa de Formiga por contratado IRREGULAR ja denunciado naquela época culminando na prisão do médico administrador com desvios de 15 milhões de reais.nada foi feito e as denúncias dos servidores municipais mais uma vez foram varridas para debaixo do tapete pelas autoridades responsáveis pela fiscalização que nunca ocorreu mesmo com várias mortes de pacientes veiculadas na mídia local e nunca apuradas pelo ministério público.ate onde vai a cegueira de nossas autoridades e quantas pessoas ainda vão precisar morrer ou sofrer sequelas irreparáveis causadas pelo pessimo atendimento médico prestado naquela unidade de saúde.lembrando que o secretário Rogério Barbieri também é funcionário da UPA junto com o viceprefeito Rinaldo Valerio que mesmo afastado por força dos cargos que ocupam na administração municipal ainda assim respondem pelas irregirregularidades denuciadas pelos usuários daquela unidade de saúde.não custa lembrar que o fiscal do Conselho Regional de Medicina doutor JORGE TARRABAL curiosamente tambem trabalha na UPA e nunca fez nenhuma denúncia sobre a situação precária no atendimento dos pacientes e nem denunciou junto ao Conselho Regional de Medicina nenhuma queixa da população divinopolitana junto às autoridades competentes.DIVINEWS entreviste o citado acima para que ele responda aos questionamentos feitos pelos servidores públicos municipais que há vários anos vem denunciando as condições de trabalho deficitárias na UPA PADRE ROBERTO.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.