Homem em dia de fúria rouba arma do pai e por ciúmes mata dois em Lagoa da Prata, foge para Ibirité e atira em outro


Dois assassinatos foram cometidos em Lagoa da Prata, na região Centro-Oeste de Minas, e uma tentativa de homicídio em Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte. Os crimes, que ocorreram nesse domingo (24), foram cometidos por um mesmo homem, de 34 anos, preso pela Polícia Militar (PM) em um bar em Contagem, também na Grande BH. O motivo, segundo a corporação, seria uma crise de ciúmes relacionada à ex-companheira.

De acordo com a PM, a série de crimes começou pela manhã com um furto de uma arma de fogo em Lagoa da Prata. O criminoso pulou o muro da residência de seu pai – um policial militar reformado –, onde pegou uma pistola calibre .380. Com a arma em posse, ele se encontrou com a ex em uma movimentada avenida da cidade.

No local, o assassino disparou contra Cesário Ribeiro Rodrigues, de 30 anos, e Leandro Lucas Ribeiro Silva, de 26, que seriam amigos da ex. Os dois morreram antes mesmo da chegada do socorro. O criminoso fugiu do município em um Fiat Uno e seguiu para Ibirité.

Ainda conforme a PM, quando chegou a Ibirité, o criminoso teve um desentendimento no trânsito com um motorista da Uber. Após uma breve discussão, ele atirou diversas contra o carro. As balas atravessaram o vidro e acertaram o banco onde estava o condutor, que saiu ileso.

O criminoso fugiu mais uma vez e seguiu para a casa onde mora no bairro Jardim Industrial, em Contagem. Cientes da placa do veículo utilizado pelo suspeito, policiais militares conseguiram rastrear o homem, que foi preso em um bar. A arma foi localizada dentro do Fiat Uno.

Aos militares, o homem confessou ter matado as duas pessoas em Lagoa da Prata, mas não comentou sobre a tentativa de homicídio em Ibirité. O motorista da Uber reconheceu o criminoso e o carro que ele dirigia.

Fonte: O TEMPO

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.