Dois policiais militares são assassinados em Minas Gerais


O Comandante da Policia Militar de Minas Gerais (PMMG), Coronel Helbert Figueiró de Lourdes, em um comunicado falou da morte dos dois policiais: Com profundo pesar, participo-lhes que nas últimas 24 horas tivemos dois companheiros nossos fatalmente vitimados pela ação de marginais – O primeiro caso, no início da madrugada de hoje, ocorreu em Padre Paraíso/15 Cia Ind/15 RPM, quando o Sd Hérick, do 34º BPM, estando de folga, à paisana e na residência de parentes, foi atingido por disparo de arma de fogo, em circunstância ainda não devidamente elucidada. O segundo, nesta tarde, Cb Vanelli, aluno do CEFS/24 BPM/6RPM, de folga, fardado e desarmado, ao chegar a um estabelecimento onde ocorria um assalto, foi covardemente assassinato por um dos marginais.

Tais episódios nos levam a algumas reflexões e indagações, cujas respostas não confortam a dor da perda de nossos companheiros, mas nos oferecem algumas experiências.

A família policial militar mineira se encontra enlutada nesta data, e esse sentimento de consternação deve ser o incentivo para lutarmos mais e mais forte contra essa marginalidade cada dia mais ousada.

Todo apoio e suporte para as famílias e para as ações estão sendo disponibilizados, e temos que ter confiança de que daremos uma resposta à altura. As diligências já apontam as autorias. As operações não serão interrompidas enquanto esses marginais não forem responsabilizados na proporção de seus atos.

Seguimos em frente, pedindo a Deus que conforte as famílias e amigos desses nossos irmãos que partiram, deixando um vazio e um sentimento de dor.

Atenciosamente,

 

Helbert Figueiró de Lourdes, Cel PM

Comandante-Geral

 

10 comentários em “Dois policiais militares são assassinados em Minas Gerais

  • 29 de janeiro de 2018 em 15:29
    Permalink

    PRENDEU, PROVOU QUE ERA O INDIVIDUO QUE MATOU? MATA ELE ALI MESMO.
    EU SOU CONTRA E PEGAR ALGUEM INOCENTE E TORTURA LO OU MATA LO, MAS ESSA GANG? QUE MATA SO PARA VER DE QUE LADO O CORPO CAI, LIMPEM ISSO DA NOSSA PATRIA, TA FICANDO VERGONHOSO LA FORA.
    E COMO DISSE UM GENERA, A ONO FAZ UM DOCIE E APRESENTA PARA OS PAISES ACATARE. MAS NO BRASIL AINDA NAO ESTAO PREPARADOS.
    E COMO A PRIMEIRA MISSA AQUI NA TERRA DE SANTA CRUZ: MISSA CELEBRADA PARA EM LATIM PARA OS INDIOS QUE NAO SABIAM NEM O PORTUGUES E SIM O TUPI GUARANY. ATE HOJE NAO MUDOU NAD, PEGA AS COISAS LA FORA E APLICAM AKI. DEVERIAM ENTAO PEGAR OS EXEMPLOS DO ORIENTE, QUE SE ROUBAR PERDE OS DEDOS E ASSIM VAI ATE PERDER AS MÃOS…

    Resposta
  • 24 de setembro de 2017 em 12:26
    Permalink

    É uma pena que a política de moderação deste site se assemelhe tanto à censura.

    Resposta
  • 24 de setembro de 2017 em 12:22
    Permalink

    Cada dia que passa o Brasil está uma verdadeira merda.

    Resposta
  • 24 de setembro de 2017 em 12:13
    Permalink

    Lágrimas de crocodilo, as desse nosso comandante. Está aí, comandante, quem paga a conta de seus atos de comando. Sempre somos nós, as praças, que carregamos o piano e sofremos as consequências! O alto comando da PMMG se vangloria em assumir funções de outros órgãos, como o termo circunstanciado de ocorrência, ou a gestão da defesa civil estadual, funções totalmente inconstitucionais quando executadas pela PMMG. Combater incêndios florestais, transportar órgãos e políticos em aeronaves que foram adquiridas para o combate à criminalidade tornou-se o comum, em detrimento a uma proteção e apoio ao pessoal de batalhões de área que está na linha de frente desta guerra que existe no Brasil. Para esta corporação que de corporativista não tem nada, somente a influência política no governo que importa. O sacrifício dos meus amigos e o sofrimento de suas famílias é apenas uma página virada para esta corporação que se enaltece ao dizer que a sua grandeza decorre do sangue dos que tombaram envergando a sua farda. Até quando?

    Resposta
  • 24 de setembro de 2017 em 11:45
    Permalink

    Comandante geral com todo respeito as leis única resposta que nós da sociedade esperamos que vocês matem esses marginais ESTAMOS no aguardo

    Resposta
  • 24 de setembro de 2017 em 10:13
    Permalink

    Lamentável. Reflexo da política atual adotada. A violência está chegando às cidades tranquilas de Minas. Nós grandes centros está virando guerra civil, policiais vs bandidos. Parece que a tendência é piorar. Policiais e bandidos cada vez mais armados. Se até os policiais correm risco de morte, imaginem o pacato cidadão desarmado, que vai ao banco buscar o seu salário. Os nossos sentimentos aos policiais e suas famílias, estamos consternados e apoiaremos as atitudes de combate. As forças policiais são a barreira entre entre o cidadão de bem e a criminalidade.

    Resposta
  • 24 de setembro de 2017 em 08:49
    Permalink

    Meus pêsames. ..com muita tristeza.

    Resposta
  • 24 de setembro de 2017 em 08:48
    Permalink

    A triste realidade de um país sem lei, ou melhor, com leis fracas e cheias de brechas onde o crime compensa. Onde está neste momento a deputada Maria do Rosário? Deve estar dando assistência à família do bandido que matou…Eu tenho filho policial e me revolto com o descaso dos governantes com os defensores das nossas vidas. Meninos corajosos que se colocam como escudo para proteger o cidadão e não são eles mesmos, protegidos, sequer pela lei. Os Direitos Humanos promovem uma revoltante inversão de valores em nosso país defendendo também os menores facínoras, que de menores só têm a idade. Sem palavras….

    Resposta
  • 23 de setembro de 2017 em 19:11
    Permalink

    O estado. brasileiro tem de decretar estado de guerra civil ou guerra interna, cm poderes especiais
    É hora de valorizar a polícia militar que está na linha de frente.Porque os pracinhas que lutaram na Itália numa guerra que não era nossa, foram promovidos, são heróis, e os nossos policiais militares,que estão na guerra nossa, tombando todos os dias,em batalhas. contínuas, não são. Valorizados, ganham miséria? Vamos mudar isso. Vamos romper com esses Direitos Humanos dos bandidos. Tem de acabar o com direitos de menor cometer crime e ficar impune. Só no Brasil se protegerem criminosos.Felisberyo Egg, coronel PM e advogado. É pior, Stamos gastando com bandido o triplo do que de gasta com educação, o que é um absurdo..O Bolsonaro ou o General Mourão precisa comandar o Brasil

    Resposta
  • 23 de setembro de 2017 em 16:52
    Permalink

    Infelismente mais vitimas pm, desses fdp,q vao preso todo dia, e sao soltos, para cometer mais crimes…..ditado popular:cobra, se mata no ninho…

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK