Vândalos, usuários de drogas e sem teto podem assumir controle do Hospital Público Regional de Divinópolis, antes da EBSERH / UFSJ


Se Galileu Machado, cumprir o que está prometendo, ou seja, parar de arcar com o pagamento mensal de R$ 40 mil reais para a empresa que faz a segurança das obras do Hospital Público Regional de Divinópolis, e o Governador de Minas, o petista Fernando Pimentel, não se sensibilizar com o pedido feito pelo prefeito de Divinópolis e assumir os custos operacionais de segurança do hospital, a construção estará fadada ao abandono, e poderá ser vítima de vândalos que poderão depreda-lo, além de usuário de drogas que podem passar a utilizar as dependências como ponto de consumo e venda, além da ocupação de sem tetos. Este poderá ser o destino de uma construção que inicialmente estava prevista para conclusão em 24 meses, a partir de 2010, e foi orçada em R$ 47.830.050,00, já consumiu R$ 68 milhões e não ficou pronto. E pior tem a previsão que venha a consumir outros R$ 40 milhões para ser finalizado – O presidente da Câmara de Divinópolis, Adair Otaviano, na reunião plenária desta última quinta (31/8), leu uma correspondência que o Prefeito Galileu, em um tom amistoso e choroso pede quase que pelo amor de Deus, que Pimentel assuma o hospital, além de sugerir que, até então, o elefante branco seja passado para a administração da EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), que por sua vez o tornaria um hospital universitário sob a gestão da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São João Del Rei, do Campus Dona Lindu, em Divinópolis.

 

Um comentário em “Vândalos, usuários de drogas e sem teto podem assumir controle do Hospital Público Regional de Divinópolis, antes da EBSERH / UFSJ

  • 1 de setembro de 2017 em 13:20
    Permalink

    Boa tarde. É o que sempre digo: HERANÇAS DO JEITO PSDB DE GOVERNAR. Os seus pares abarrotados de dinheiro e privilégios e as políticas públicas um verdadeiro CAOS. Ficaram por 12 anos governando Minas e o povo esquecido por 12 anos.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMENTÁRIO SEM IDENTIFICAÇÃO DO FACEBOOK