Empresa atrapalha fluxo em calçada e justifica irregularidade dizendo que recolhe impostos e gera emprego; Fiscalização irá visitá-la


A empresa Embeleze, localizada na Avenida Antônio Olímpio de Morais. No último sábado (05), montou um pórtico sobre a calçada em frente as suas instalações, obrigando com que os pedestres que passassem naquele local, tivessem que, obrigatoriamente passarem sob ele,  o que em alguns momentos causou transtornos no fluxo dos transeuntes. Além da empresa também ter usado um som mecânico com finalidade publicitária,  que incomodou os vizinhos residenciais e mesmo os comerciais  – O mais surrealista, foi a gerente da empresa para justificar o ato,  responder através de um post, que recolhe impostos e gera empregos, como se isso desse prerrogativa para a empresa não cumprir a lei de código e postura do município – O Divinews, que foi acionado por uma cadeirante, que teve dificuldades em passar no local, questionou a Secretaria de Meio Ambiente, e o Diretor, Nilton Teodoro, afirmou que não foi expedido nenhuma licença especial para que a empresa descumprisse a lei, e que nesta próxima terça-feira (14), irá enviar a fiscalização ao local para mais uma vez alertá-los para o cumprimento da Lei. Já que a empresa, em passado recente, já tinha sido alvo de uma fiscalização e avisada que não poderia fazer esse tipo de ação de marketing, mesmo que seja social, como alegado por funcionários da empresa. Essa mesma empresa que tem sérios problemas de acessibilidade também foi alvo de criticas por cadeirantes que fizeram uma blitz em vários locais da cidade. Elas constataram que a escada íngreme com vários degraus impossibilita que pessoas portadoras de necessidades especiais, consigam entrar no estabelecimento. 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.