Conhecido colunista social de Divinópolis é agredido na rua e segue internado em estado grave no CTI do HSJD


Edson Gonçalves Ferreira, um do mais conhecido colunista social de Divinópolis, que atua no colunismo desde 1969, foi vítima de uma covarde agressão, no último dia 3 de agosto, no bairro Sidil. Que segundo fonte, por um homem que não foi identificado, e sem motivo aparente, no momento em que Edson circulava passeando pelas ruas da cidade. O Divinews apurou na manhã desta segunda-feira (14), que o colunista continua internado, em estado grave no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital São João de Deus, com complicações advindas das agressões que sofreu – Edson Gonçalves é colunista do Jornal Agora, e membro da Academia Divinopolitana de Letras (ADL), com cerca de 20 livros lançados no Brasil e no exterior – As últimas informações apuradas diretamente com parentes do colunista, esclarece que ele teria sido vítima de crime de homofobia. 

 

14 comentários em “Conhecido colunista social de Divinópolis é agredido na rua e segue internado em estado grave no CTI do HSJD

  • 22 de outubro de 2017 em 21:35
    Permalink

    Hola, um ser humano que escreve ha mais de cincoentas anos deve ser respeitado independente de gostar de gays ou de mujeres.

    Resposta
  • 21 de agosto de 2017 em 20:32
    Permalink

    Atitude vergonhosa de quem praticou um crime deste. O colunista social é uma pessoa por demais conhecida na cidade, um educador de qualidade. É uma violência injustificável.

    Resposta
  • 21 de agosto de 2017 em 19:04
    Permalink

    Absurdo! É um ser humano igual a nós, nada justifica este ato agressivo. Na verdade estes agressores são espécies desnecessárias de se viver em uma sociedade.

    Resposta
  • 18 de agosto de 2017 em 14:48
    Permalink

    Esse senhor ai q foi agredido eu conheço ele pq trabalho em um posto de combustivel e ele sempre abastecia la e eu como lider de equipe sempre recebia reclamaçao do meu frentista q sempre que ia atende-lo recebia cantadinhas dele desreipeitando o frentista …
    E eu ja fui vitima de cantadas dele na rua e umas das vezes me ofereceu ate carona ok …
    Entao concerteza ele mexeu com uma pessoa que nao gostou das suas cantadinhas e acabou sendo agredido .

    Resposta
    • 11 de setembro de 2017 em 05:13
      Permalink

      Pensei a mesma coisa Bruno.

      Resposta
  • 15 de agosto de 2017 em 11:08
    Permalink

    Não sei se é caso de homofobia. Todos pensam logo nisso, tem que averiguar direito… Será que ninguém tem nenhuma pista do agressor?

    Resposta
  • 15 de agosto de 2017 em 02:19
    Permalink

    Coitado! O Edson foi meu professor na Faced. Aliás, um excelente professor!

    Resposta
  • 14 de agosto de 2017 em 16:39
    Permalink

    Pessoa da melhor qualidade e grande talento. Tem que pegar o safado que fez isto.

    Resposta
  • 14 de agosto de 2017 em 15:53
    Permalink

    Em relação ao caso do policial, acho, que como regra, no meio, deveria ter apenas relacionamento profissional e restrições contra envolvimento afetivo, algumas empresas não permite. No caso acontecer namoro, ou outro tipo de relacionamento, uma das partes deveria ser afastada da corporação. Pode parecer idiotice, coibir que duas pessoas se amem, namorem, se casem e vivam felizes, sendo militares ou de outra profissão. Não há como determinar onde e quando nasce o amor entre duas pessoas e impedir que este sentimento aflore e cresça, independente do local de trabalho. No entanto, serão duas pessoas armadas e muito próximas. Qualquer atrito pode gerar uma tragédia, que não está livra de acontecer em qualquer seguimento profissional ou se apenas uma das partes estiver armada. Foi um fato extremamente triste que deixou toda a corporação militar e a população de Divinópolis, em estado de consternação.

    Em relação a agressão contra o colunista Edson Gonçalves é um ato de extrema covardia, de intolerância e inaceitável. A sociedade não pode aceitar a continuidade deste tipo de agressão contra a pessoa humana, mas, que está se tornando corriqueira, nas grandes metrópoles e imigrando para cidade de pequeno e médio porte. Punição exemplar e que Deus zele pela saúde deste cidadão brasileiro, que é mais uma vítima
    da intolerância e da impunidade.

    Resposta
    • 15 de agosto de 2017 em 08:28
      Permalink

      Bobagem, isso acontece todo dia, povo esfaquea, espanca, não é a arma que mata e sim as pessoas doentes mentalmente ou idiotas como no caso do agressor dessa matéria.

      Como diz um amigo meu s intolerância está retrocedendo e voltando a crescer.

      Resposta
      • 15 de agosto de 2017 em 14:07
        Permalink

        Pessoas psicopatas que têm que ser presas e jogar a chave fora, mas infelizmente estamos em um país cujo governo é um corrupto e fica por isso mesmo! O Édson é um amor de pessoa, quem fez isso com ele tem que morrer em uma praça pública. As últimas informações apuradas diretamente com parentes do colunista, esclarece que ele teria sido vítima de crime de homofobia, isso tem que acabar. Corrupção no Brasil pode, né????????????????

        Resposta
  • 14 de agosto de 2017 em 14:25
    Permalink

    Deus do céu. Que final de semana violento na Vidas e do Divino. Deus tenha piedade. Abraços.

    Resposta
  • 14 de agosto de 2017 em 14:22
    Permalink

    Absurdo!!! Tive o prazer de trabalhar com o Edson, uma pessoa inteligentíssima e uma gentileza ímpar. Espero que esse covarde seja reconhecido e pague por isso.

    Resposta
    • 15 de agosto de 2017 em 14:22
      Permalink

      Jaqueline, o Édson como vc mesma falou é de uma gentileza ímpar,não merecia isso. Tem que achar esse psicopata e prender rapidamente. A impunidade está demais. O Édson Gonçalves é um exemplo de educação e inteligência. Estou muito revoltada, a polícia tem que andar mais na cidade! Ontem mesmo na praça do Santuário estava tendo uma agressão, pude ver, pois minha mãe mora em frente a praça do Santuário e da sacada presenciei o fato. As pessoas de bem estão morrendo e os vândalos soltos para continuar fazendo maldades. Vamos pedir a Jesus que proteja o nosso querido amigo Édson Gonçalves.

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.